terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Assessoria do Ensino Médio Politécnico da 21ª CRE participa de formação de professores em Bom Progresso.


        A assessoria pedagógica para a implantação do Ensino Médio Politécnico da 21ª CRE esteve reunida ontem (27/02) na Escola Estadual de Ensino Médio José de Anchieta de Bom Progresso. Participaram do encontro a equipe diretiva e os professores do ensino médio da escola, a Chefe da Assessoria Pedagógica Profª Ines Willers e a responsável pela pasta da Assessoria do Ensino Médio Politécnico, profª Marisa Guterres Pit. Na oportunidade, foram esclarecidas dúvidas referentes à reestruturação curricular que está sendo implantada nos 1ºs anos dos educandários gaúchos em 2012 e sucessivamente nos demais até 2014. Segundo Ines Willers, chefe do pedagógico da 21ª CRE, as visitas nas escolas da equipe de assessoria do EM é de extrema importância, pois cada educandário terá suas duvidas ao longo deste primeiro ano de reformulação do currículo do ensino médio. As visitas ocorrerão conforme agendamento das escolas.
        Na programação da equipe da CRE, a partir do mês de março iniciam-se os encontros por núcleos. Os 19 municípios de abrangência da 21ª CRE foram divididos em 6 núcleos de estudos para avaliar a implantação do novo EM.

Os encontros ocorrerão nos dias:
05/03 - encontro das escolas de Três Passos, Esperança do Sul e Tiradentes do Sul;
06/03 - Tenente Portela, Derrubadas, Vista Gaúcha e Barra do Guarita;
08/03 – Miraguaí, Redentora e Coronel Bicaco;
12/03 – Santo Augusto, São Valério e São Martinho;
13/03 – Campo Novo, Bom Progresso e Braga;
15/03 – Humaitá, Sede Nova e Crissiumal.




Novas perspectivas para o ano letivo, por Jose Clovis de Azevedo


José Clovis Azevedo

      Ao iniciarmos o ano letivo de 2012, nos dirigimos a cada um e a cada uma de vocês para reafirmar os compromissos com o avanço e qualificação da educação pública do nosso Estado. Mais do que intenções, muitos desses compromissos já podem ser percebidos de forma concreta. 

    Várias escolas já passaram por obras e reformas e o objetivo, este ano, é atingir mais 800 estabelecimentos escolares. Assim, nossa meta de reestruturação física e modernização tecnológica de todas as escolas da rede estadual neste mandato vai se tornando realidade. Importante, também, foi a ampliação dos recursos da autonomia financeira das escolas que passaram de 15 mil para 150 mil reais para obras e de 8 mil para 80 mil reais para equipamentos, descentralizando as ações a fim de agilizar cada um desses processos sob a coordenação das direções e acompanhamento e fiscalização direta da comunidade escolar. 

    Da mesma forma, avançamos sobremaneira na reestruturação curricular, seja no ensino fundamental de 9 anos, seja no ensino médio e na educação profissional e no processo de formação continuada e em serviço dos professores. Ainda este ano, será concedida ajuda de custo àqueles que têm cursos em andamento na Plataforma Freire e será dado início ao projeto que vai proporcionar cursos de especialização e de mestrado profissional aos professores da rede estadual. 
       No que diz respeito à valorização profissional, a atualização dos critérios de promoções permite democratizar esse processo com o acompanhamento e controle de cada professor sobre sua avaliação e progressão na carreira. Além disso, a evolução projetada sobre o salário básico, com reajuste de 76,88%, até 2014, significa o esforço concreto com a recuperação salarial do magistério gaúcho. 
      Some-se a isso, a realização do concurso público e a nomeação imediata de 10 mil professores que, aliada ao concurso para funcionários de escola, visa restabelecer um quadro de profissionais mais permanentes nas escolas, qualificando as relações de trabalho e repercutindo positivamente no processo pedagógico, fim último do nosso trabalho. 
      É inegável que a agenda educacional agora é outra. O nível de problemas mudou: o diálogo foi restabelecido, o processo pedagógico voltou para as mãos dos educadores sejam das escolas, sejam da Seduc, as horas atividades para formação e planejamento são uma realidade, retoma-se uma perspectiva de recuperação salarial. 
     Poderia listar muitas outras ações, projetos e iniciativas previstas ou já em curso, mas temos a convicção de que, mesmo com limitações, mesmo sem que tudo esteja resolvido, o magistério e a sociedade gaúcha reconhecem que vivemos um outro momento na educação pública de nosso Estado. 
      Avançar nesse rumo e ampliar nossas conquistas será resultado do trabalho de nossas mãos, de nosso empenho coletivo e da ação dedicada de cada um dos sujeitos que constroem, no dia a dia, a educação e o ensino nos mais diferentes recantos do RS, sem esmorecer e enfrentando de frente todos os desafios que a cada dia se renovam, sem nunca abandonar o que de mais precioso nos caracteriza: a confiança no ser humano e a persistência em construir no presente o cidadão integral, participativo e emancipado, base da esperança militante por uma sociedade cada vez mais justa e democrática para todos. 



Jose Clovis de Azevedo 

Secretário Estadual da Educação

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Escolas Estaduais recebem recursos da Consulta Popular 2011



Imagem Ilustrativa

           Quatro (04) escolas estaduais da região da 21ª CRE – Três Passos, foram contempladas com recursos da Consulta Popular 2011. O valor repassado foi de R$ 10.000,00 para cada escola. O recurso será usado para aquisição de equipamentos e Material Didático Pedagógico – material permanente para biblioteca, laboratório de ciências e sala de multimeios - que poderão ser adquiridos agora no início deste ano letivo.

            As escolas contempladas são dos municípios de Braga: Escola Estadual de Ensino Médio Santo Pazini; Campo Novo: Escola Estadual de Ensino Médio Francisco de Sales; Humaitá: Instituto Estadual de Educação Maria Cristina - CIEP e Tiradentes do Sul: Escola Estadual de Educação Básica Tiradentes.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Governo propõe reajuste histórico de 76,68% aos professores estaduais

Foto: Camila Domingues



          Os secretários da Educação, Jose Clovis de Azevedo, e da Casa Civil, Carlos Pestana, apresentaram em entrevista coletiva à imprensa a proposta de calendário de reajuste do piso do magistério que foi encaminhada ao CPERS/Sindicato na tarde desta sexta-feira (24). Reafirmando o compromisso com o pagamento do piso e a política de ganho real, o Executivo detalhou a proposta de calendário cuja base de reajuste leva em conta o INPC. Considerando este índice, que em 2011 foi de 6,08%, o valor do piso passa de R$ 1.187,91 para R$ 1.260,19. O total da proposta garante reajuste total de 76,68% (índice aplicado sobre o índice anterior de reajuste). 


Confira: 



Mês - Ano - Índice 
Maio 2011 - 10,91% (já concedido) 
Maio 2012 – 9,84% 
Novembro 2012 – 6,08% 
Fevereiro 2013 – 6% 
Total: 23,5% (tramitando na AL) 
*Índice aplicado sobre o índice anterior de reajuste 



Mês - Ano / - Índice 
Novembro de 2013 – 6,5% 
Maio 2014 – 6,5% 
Novembro de 2014 – 13,72% 
Total - 28,98% 



*Índice aplicado sobre sobre o índice anterior de reajuste 



      De acordo com o chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, o reajuste de 76,68% concedido pelo Governo é o maior da história do magistério. "Esse índice não tem precedentes. Além disso, assumimos o compromisso de voltar a negociar a atualização dos índices em maio de 2013", afirmou, destacando que a proposta também beneficia os professores inativos. 



     O secretário Jose Clovis de Azevedo destacou o importante momento de valorização da educação no Estado. "O reajuste, além de garantir um ganho real, não altera o plano de carreira dos professores. Os educadores terão um significativo aumento de poder aquisitivo". O secretário da Educação, também, exemplificou como vão ficar os valores para o básico de 40 horas, para início e final de carreira: 




INÍCIO DE CARREIRA 
Janeiro/2011 Novembro/2014 
R$ 713,26 R$ 1.260,29 



FINAL DE CARREIRA 
Janeiro/2011 Novembro/2014 
R$ 3.209,58 R$ 5.671,34 



MÉDIA SALARIAL DE 82,54% DOS PROFESSORES PARA 40 HORAS: 
Janeiro/2011 Novembro/2014 
R$ 2.767,81 R$ 4.885,19

Seduc

Coordenadoria realiza reunião para o início do ano letivo com equipes diretivas.


          A 21ª Coordenadoria Regional de Educação esta realizando hoje (24) pela parte da manhã e tarde, encontro com as equipes diretivas das 74 escolas de sua abrangência  para orientações sobre o início do ano letivo 2012.

           Pela parte da manhã serão abordados assuntos relativos às necessidades de obras que os educandários encaminharam ao decorrer do ano 2011; matriculas; calendário escolar; formações para este ano; andamento dos programas a nível de governo federal e estadual que estão em  andamento nas escolas; quadro de funcionários; prestação de contas, entre outros.

           Na parte da tarde a reunião será para as equipes diretivas das 26 escolas que possuem ensino médio sobre a reestruturação curricular que foi debatida ao longo de 2011 e entrou em vigor neste ano para as turmas dos 1ºs anos.

Coordenador Artur Hugo Hepp e equipes diretivas


Equipes Diretivas das 74 escolas da 21ª CRE

Chefe de Recursos Humanos Giovana Maciel

Chefe do Pedagógico Ines Willers

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

ÍNICIO DO ANO LETIVO DA REDE ESTADUAL 2012 EM TRÊS PASSOS


A 21ª Coordenadoria Regional de Educação informa que os cinco educandários estaduais do município de Três Passos, preparam-se para retornar às aulas entre os dias 22 e 27 de fevereiro, conforme o cronograma oficial para o ano letivo 2012. Duas escolas iniciam suas atividades na quarta-feira (22) em conjunto com a rede municipal em virtude do transporte escolar; E.E.E.F. José de Anchieta de Bela Vista e I.E.E. Érico Veríssimo. As demais começarão suas aulas na segunda-feira (27).

Ínicio das Aulas na quarta-feira dia 22 de fevereiro:
Escola Estadual de Ensino Fundamental José de Anchieta (Distrito de Bela Vista)
Instituto Estadual de Educação Érico Veríssimo

Ínicio das Aulas na segunda-feira dia 27 de fevereiro:
Escola Estadual de Ensino Médio Águia de Haia
Escola Estadual de Educação Básica Padre Gonzales
Escola Estadual de Ensino Fundamental Gonçalves Dias

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

CONCURSO DO MAGISTÉRIO



Provas serão divulgadas por edital


Os candidatos inscritos no Concurso do Magistério deverão aguardar a publicação de edital com a data, horário e locais das provas objetivas. O Edital será publicado com, no mínimo, oito dias de antecedência. Apenas os aprovados nas provas objetivas deverão encaminhar os títulos.